entradas & petiscos

Alface do mar com abacaxi

O primeiro contacto que tive com elas foi através de uma caixa de degustação que recebi há já algum tempo. Na verdade, o primeiro contacto que tive com elas foi numa numas férias de verão, numa praia de Peniche, em que as havia às centenas e se tornaram o cenário perfeito para brincadeiras entre irmãos junto ao mar. Falo de algas, e estas, as da brincadeira, talvez não fossem boas para comer. Agora que penso melhor, estive sempre rodeada delas sem que lhes notasse a presença. Vivo em Aveiro, uma zona próxima do mar e da ria, e portanto um local onde existem em abundância.

Não só há algas que são boas para comer como são também muito benéficas para a saúde. E felizmente não temos que andar nas rochas a apanhá-las (eu não consigo diferenciar as espécies que são comestíveis) porque conseguem encontrar-se secas, produzidas aqui na região. Estas são algas Tok de Mar, da ALGAplus.

10431669_1554560004810088_4816761268998410392_n 10991149_1554559984810090_4142543737185952036_n

Benefícios do consumo de algas

“As algas são um poderoso alimento que contém elevados níveis de vitaminas e minerais,e essenciais ao bom funcionamento do nosso organismo, com baixo nível calórico. São ainda uma importante fonte de iodo, antioxidantes, vitaminas do complexo B (particularmente importantes para vegetarianos e vegans), grandes quantidades de fibra e ácidos poli-insaturados. Quando consumidas regularmente, as algas contribuem para uma dieta muito equilibrada.” – ALGAplus

A receita

Esta mistura, um tanto inesperada, resulta muito bem. Eu sou suspeita, é claro. Adoro a conjugação de doce e salgado e aqui o doce do abacaxi complementa de forma perfeita o sabor ligeiramente salgado da alface do mar. Serve-se como entrada.

algas-4

algas-3algas-5

alface do mar com abacaxi
Ingredients
  • 5g de alface do mar seca (usei da marca Tok de Mar)
  • 2 fatias de abacaxi
  • 2 col. sopa de vinagre de arroz
  • 2 col. sopa de mel
  • 2 col. sopa de shoyu (ou outro molho de soja)
  • 1 col. sobremesa de óleo de sésamo
  • 2 col. sopa de sumo de ananás (ou água)
  • óleo de côco (ou azeite)
  • sal e pimenta (opcional)
Instructions
  1. Corte o abacaxi em pedaços e leve-os a saltear numa frigideira com um pouco de óleo de coco ou azeite, até alourar.
  2. Demolhe a alface do mar no sumo de ananás à temperatura ambiente (ou em água) alguns minutos, apenas o tempo necessário para hidratar as algas. Escorra o líquido que sobrar, espremendo as algas com as mãos.
  3. Pique as algas, caso as suas folhas forem muito grandes.
  4. Num recipiente, misture o vinagre de arroz, o mel, o shoyu e o óleo de sésamo para fazer o molho.
  5. Deite o molho sobre a alface do mar e misture.
  6. Tempere de sal, se necessário (salpiquei com flor de sal com algas).
  7. Sirva em porções individuais, juntando pedaços de abacaxi.
Notes
receita adaptada de: http://www.pacificharvest.co.nz/assets/Uploads/Sea-Lettuce-Recipe-Brochure.pdf

Algumas dicas práticas para usar algas na alimentação

  • Algas hidratadas
    demolhar em água tépida durante 10 a 20 minutos, até obter a textura desejada. As algas irão aumentar 5 a 10 vezes o seu volume.
  • Algas em flocos (secas)
    esfarelar entre os dedos ou usar um moinho de café ou picadora.
  • Algas tostadas (na frigideira)
    colocar as algas secas numa frigideira até ficar crocantes virando-as com frequência. Dependendo da espécie pode demorar até 30 minutos. (no forno) Deixe as algas no forno durante a noite e a uma temperatura de 40º.

algas-6

algas-1

Newsletter

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply