vida

Há um mês…

Há precisamente um mês* escrevi um post no blog sobre chá. Foi numa tarde de sábado, sentada no sofá. Nesse dia, enquanto ía escrevendo, a minha gata Milu lutou pelo pouco espaço que restava no meu colo, ocupado pelo portátil. Ganhou, como ganhava sempre. E eu lá fiquei de braços esticados, a escrever meia torta. Nesse mesmo dia, dormi de manhã agarrada a ela e mal sabia que seria a última vez. Ou que não mais poderia admirar a Mia, e a sua altivez, ou tê-la comigo nos momentos de maior dor. Estava sempre ao pé de mim nesses momentos. Parecia que sabia.

No dia 15 de dezembro de 2018 um incêndio tirou-lhes o folêgo e a mim tirou-me o chão. Um mês passado e a vida continua (tem que continuar) mas ainda tenho a sensação de que me roubaram parte de mim.

*tentei escrever este post um mês depois do incêndio mas claramente ainda estava num processo de luto pois não o consegui acabar. Entretanto passaram-se mais uns meses e eu, apesar das tentativas de voltar ao ritmo da cozinha, do ginásio e do blog, tive que canalizar o meu esforço para aquilo que tinha que ser feito: tomar conta dos meus, obras em casa, trabalho e mais trabalho. E tomar conta de mim, sem na verdade o estar a fazer da melhor forma.

Continuo a sentir uma saudade imensa das minhas gatas. Mas sinto também uma grande necessidade de encerrar este capítulo.

Newsletter

No Comments

Leave a Reply